Índice Remédio ALOAX

Medicamento fitoterápico
Nomenclatura Botânica Oficial: Aloe vera (L.) Burm f.
Família: Liliaceae
Parte da planta utilizada: Folha (gel mucilaginoso)
Nomenclatura Popular: Babosa ou aloe.
Apresentações
Gel: caixa com 1 bisnaga contendo 15g e 30g.
USO TÓPICO
USO ADULTO E PEDIÁTRICO
Composição
Cada grama de gel contém: Gel mucilaginoso de Aloe vera L. (3% polissacarídeos totais) 50,00 mg, (Equivalente à 1,50 mg de polissacarídeos totais). Excipientes: carbopol, corante amarelo, glicerina, mentol, metilparabeno, trietanolamina, água de osmose.
Indicações
Este medicamento é destinado ao tratamento de queimaduras térmicas de 1° e 2° graus causada por água quente, fogo e exposição excessiva aos raios solares. Aloax atua como cicatrizante.
Resultados de eficácia
Vários estudos demonstram a efetividade do uso do Aloe vera no tratamento de queimaduras térmicas e radiação de 1° e 2° graus.
Em 27 pacientes que apresentavam diversas feridas inflamatórias, devido a queimaduras da pele, foram tratados com Aloe vera e vaselina, demonstrou-se uma maior rapidez de cicatrização e uma melhora da epitelização nas áreas tratadas com Aloe vera de acordo com os controles histológicos.
ALONSO, J.R. Tratado de fitomedicina bases clínicas e farmacológicas.
Caract farmacológicas
O mecanismo de ação está concentrado na inibição de produtos derivados do metabolismo de ácidos araquidônicos, tais como o tromboxano B, limitando, por sua vez, a produção de prostaglandinas E2. Deste modo, o Aloe vera penetra no tecido, alivia a dor, reduz a inflamação e aumenta o suprimento de sangue. Sua ação, inclusive na cicatrização, se faz possível através da elevação dos níveis de ácido hialurônico, sulfato de dermatam, glicohidrolases, tendo como partida as glucosaminoglucanas, promovendo assim uma epitelização mais precoce do tecido agredido. Aloe vera possui imunomoduladores de pequeno peso molecular que atuam preventivamente inibindo a imunossupressão, na pele, induzida pelos raios ultravioleta B (UVB).
Contraindicações
Aloax está contra-indicado em pacientes que apresentam hipersensibilidade a qualquer constituinte da formulação. Evitar contato com mucosas e áreas dos olhos. Caso isso ocorra, lavar em abundância. Se aplicado conforme indicado, não há contraindicações para pacientes idosos e crianças.
Advertências e precauções
Mulheres grávidas e que estejam amamentando, não devem fazer o uso deste medicamento sem a orientação médica.
Esse medicamento não pode ser ingerido.
Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso.
Este produto não contém filtro solar.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Categoria de Risco de fármacos às mulheres grávidas: C
Interações medicamentosas
Não há relatos de interações medicamentosas com o uso tópico.
Cuidados de armazenamento
O medicamento deve ser conservado em sua embalagem original mesmo depois de aberto e protegido da luz, calor e umidade, em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C). O prazo de validade deste medicamento é de 24 meses a partir da data de fabricação.
Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.
Aloax é um gel transparente amarelo claro.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
Posologia e modo de usar
Aloax pode ser utilizado diariamente, 2 vezes ao dia por via tópica. Previamente à aplicação, realizar limpeza da área lesada com sabão neutro ou detergente dermatológico e aplicar em seguida uma camada do medicamento.
Este medicamento não deve ser ingerido.
Reações adversas
Pacientes com antecedentes de alto grau de atopia, podem desenvolver alterações dérmicas compatíveis com sua patologia de base. Sensação de queimação, seguido de eritema e dermatite alérgica. O quadro cessa com a retirada do medicamento por lavagem com sabões neutros ou detergentes de uso dermatológico.
Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.
Superdose
Até o momento não foram descritos casos de superdosagem com a aplicação tópica do gel de Aloe vera em humanos, quando utilizado conforme as indicações.
Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.
Dizeres legais
M.S. n° 1.1861.0240
Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica.
Fonte Bulário Eletrônico da Anvisa, 02/10/12.

Adicionar um comentário

 
Strict Standards: Declaration of MY_Exceptions::show_404() should be compatible with CI_Exceptions::show_404($page = '', $log_error = true) in /home/farmacoinfo/public_html/br/application/core/MY_Exceptions.php on line 0

A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Undefined index: gracias

Filename: blocks/med_comentarios_form.php

Line Number: 16

*