Índice Remédio ANAEROCID

Apresentações
Cápsulas de 300mg: caixa contendo 16 e 30 cápsulas.
Uso adulto. Uso oral.
Composição
Clindamicina (na forma de cloridrato) 300 mg e excipiente q.s.p.
Indicações
Bactérias anaeróbicas susceptíveis ou cepas susceptíveis de bactérias aeróbias Gram-positivas como estreptococos, estafilococos e pneumococos: infecções do trato respiratório superior, incluindo amigdalite, faringite, sinusite, otite média; infecções do trato respiratório inferior, incluindo bronquite e pneumonia; infecções da pele e tecidos moles, incluindo acne, furúnculos, celulite, impetigo, abscessos e feridas infeccionadas. Outras infecções específicas da pele e tecidos moles, como erisipela e panarício, podem também responder muito bem à terapia com Anaerocid® cápsulas; infecções ósseas e infecções das articulações, incluindo osteomielite aguda e crônica e artrite séptica; infecções odontológicas, incluindo abscessos periodontais, periodontite, gengivite e abscessos periapicais.
Contraindicações
Hipersensibilidade à clindamicina ou à lincomicina.
Advertências e precauções
A ocorrência de colite severa, que pode ser fatal, tem sido associada ao uso da maioria dos antibióticos, inclusive clindamicina. Anaerocid® cápsulas deve ser prescrito com cautela em indivíduos com história de doença gastrintestinal, particularmente colite. Anaerocid® cápsulas como qualquer droga, deve ser prescrito com cautela a indivíduos atópicos. A clindamicina não deve ser usada no tratamento da meningite, pois não penetra adequadamente no líquido cefalorraquidiano. A exemplo de outros antibióticos, durante terapia prolongada, devem ser realizados testes periódicos de função hepática e renal e contagem sangüínea. Em pacientes com doença hepática moderada ou grave, detectou-se um prolongamento da meia-vida da clindamicina, mas um estudo farmacocinético mostrou que, quando administrada a cada 8 horas, raramente ocorre acúmulo da droga. Não é indicado o uso de clindamicina em recém-nascidos. Nenhuma evidência de teratogenicidade foi revelada em estudos de reprodução realizados em ratos e camundongos. Contudo, não há estudos adequados e bem controlados em mulheres grávidas e os estudos de reprodução animal nem sempre são preditivos da resposta humana. Portanto, deve-se levar em conta a importância da droga para a mãe, quando do uso de Anaerocid® cápsulas. A clindamicina foi detectada no leite materno em concentrações de 0,7 a 3,8 mcg/ml.
Interações medicamentosas
Foi demonstrado antagonismo in vitro entre a clindamicina e a eritromicina. Estudos demonstraram que a clindamicina apresenta propriedades de bloqueio neuromuscular que podem intensificar a ação de outros fármacos com atividade semelhante. Reações adversas: gastrintestinais: dor abdominal, náusea, vômito, fezes soltas ocasionais ou diarréia e esofagite. Reações de hipersensibilidade: erupções cutâneas morbiliformes generalizadas leves a moderadas foram as reações adversas mais freqüentemente relatadas. Rash maculopapular e urticária têm sido observados durante a terapia. Raros casos de eritema multiforme, alguns semelhantes à síndrome de Stevens-Johnson, têm sido associados à clindamicina. Foram observados poucos casos de reações anafiláticas. Fígado: anormalidades em testes de função hepática (elevações da fosfatase alcalina e transaminase sérica) e icterícia. Pele e membranas mucosas: prurido, vaginite e raros casos de dermatite esfoliativa e vesículo-bolhosa. Hematopoiéticas: foram relatadas neutropenia transitória (leucopenia) e eosinofilia, agranulocitose e trombocitopenia; entretanto, não foi estabelecida relação direta entre esses efeitos e a terapia com cloridrato de clindamicina em cápsulas.
Posologia e modo de usar
Adultos (via oral): A dose diária recomendada é de 900 - 1800 mg, dividida em três ou quatro doses iguais com um copo cheio de água. Em infecções por estreptococos beta-hemolíticos, o tratamento deverá continuar pelo menos durante dez dias, a fim de diminuir a possibilidade de febre reumática ou glomerulonefrite subseqüente.
Dizeres legais
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
Reg. MS n° 1.3569.0159.

Adicionar um comentário

 
Strict Standards: Declaration of MY_Exceptions::show_404() should be compatible with CI_Exceptions::show_404($page = '', $log_error = true) in /home/farmacoinfo/public_html/br/application/core/MY_Exceptions.php on line 0

A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Undefined index: gracias

Filename: blocks/med_comentarios_form.php

Line Number: 16

*