Índice Remédio ATENASE

Apresentações
ATENASE®: caixa com 4 comprimidos mastigáveis.
USO ADULTO E PEDIÁTRICO
Composição
Niclosamida 500 mg, Excipiente* q.s.p. 1 comprimido *(amido de milho, estearato de magnésio, polissorbato, dióxido de silício coloidal, silicato de magnésio, manitol, sacarina sódica, vanilina, aroma artificial de caramelo, aroma artificial de framboesa, água purificada)
Informações técnicas
A niclosamida é um derivado halogenado da salicilamida. Atinge as parasitores causadas por Taenia solium, Taenia saginata, Hymenolepis nana e Hymenolepis diminuta.
A niclosamida age inibindo a formação dos microtúbulos através do bloqueio da captação de glicose, resultando na depleção de glicogênio dos parasitas e formação reduzida da adenosina trifosfato (ATP), necessária para a sobrevivência e reprodução dos parasitas. Conseqüentemente ocorre paralisia e morte dos vermes, os quais são eliminados com as fezes. A niclosamida não interfere no metabolismo da glicose no homem devido o sistema microtubular das células do hospedeiro ser diferente daquele dos helmintos.
A niclosamida apresenta absorção insignificante pelo trato gastrintestinal, permanecendo por período prolongado em contato com os parasitas intestinais. É eliminado pelas fezes na forma inalterada.
A presença de alimentos não interfere com a ação terapêutica da niclosamida.
Na teníase, parasitose causada pela Taenia saginata (tênia do boi) ou a Taenia solium (tênia do porco), os vermes adultos habitam o intestino delgado humano. A parasitose é adquirida pela ingestão de carne bovina ou suína crua ou mal cozida contaminada com cisticercos.
Os sintomas são caracterizados por dores abdominais, náuseas, flatulência e diarréia, aumento do apetite, emagrecimento.
Na himenolepíase, parasitose causada pela tênia Hymenolepis nana e raramente pela Hymenoplepi diminuta, os vermes adultos são encontrados no intestino delgado humano. Esta parasitose ocorre principalmente em crianças e manifesta-se por grande número de vermes. O modo de transmissão mais freqüente é através da ingestão de ovos do parasita presentes em alimentos, água e nas mãos. A maioria dos pacientes são assintomáticos e a sintomatologia está relacionada diretamente com a idade e o grau de infecção parasitária. Os principais sintomas são agitação, irritabilidade, diarréia, cólicas abdominais, emagrecimento, urticária, prurido na região anal.
Indicações
Atenase® é indicado no tratamento da teníase (Taenia solium, T. saginata) e da himenolepíase (Hymenolepis nana, H. diminuta).
Contraindicações
Em casos de hipersensibilidade à niclosamida ou a qualquer componente da fórmula.
Advertências e precauções
ATENASE® COMPRIMIDO não possui sacarose, podendo ser administrado para pacientes diabéticos.
Não é necessária a administração de laxativos antes ou após a utilização de ATENASE®.
Durante o tratamento com o ATENASE® não se recomenda a ingestão de bebidas alcoólicas.
Diagnósticos clínico e laboratorial devem ser realizados para a identificação do parasita intestinal e posterior escolha do fármaco específico para uma terapêutica eficaz da parasitose. Após três semanas do término do tratamento, o paciente deve realizar exame laboratorial de fezes. Se houver resultado positivo, o tratamento com ATENASE® deve ser repetido.
O paciente deve ser instruído sobre os métodos de transmissão e prevenção das parasitoses, como condições básicas de higiene pessoal e ambiental.
Insuficiência hepática ou renal: devido à baixa absorção gastrintestinal da niclosamida não é necessário o ajuste da dose em pacientes com disfunção hepática ou renal.
Gravidez e lactação: devido à baixa absorção pelo trato gastrintestinal, a niclosamida poderá ser administrada durante a gestação e lactação sob orientação e acompanhamento médico.
Idosos: devem utilizar a posologia indicada para adultos.
Interações medicamentosas
Estimulantes da motilidade gastrintestinal, laxativos, catárticos, emolientes: o uso concomitante pode diminuir o tempo de permanência da niclosamisa no organismo e interferir com a ação antiparasitária do fármaco.
Posologia e modo de usar


A dose deverá ser repetida 1 a 2 semanas após a primeira administração do medicamento.
Após três semanas do término do tratamento, o paciente deve realizar exame laboratorial de fezes.
Se houver resultado positivo, o tratamento com ATENASE® deve ser repetido.
Não é necessária a administração de laxantes ou purgantes antes ou após a administração de ATENASE®.
INSTRUÇÕES DE USO
ATENASE® pode ser ingerido durante as refeições, se necessário, com o auxílio de água, leite ou suco de frutas.
Os comprimidos de ATENASE® devem ser mastigados ou triturados antes da ingestão.
Reações adversas
ATENASE® é bem tolerado, apresentando baixa incidência de efeitos colaterais. Geralmente, os efeitos adversos são leves e transitórios não causando a suspensão da terapia.
Podem ocorrer náusea, vômito, dor abdominal, diarréia, cefaléia, sabor amargo na boca.
Superdose
Devido à baixa absorção da niclosamida pelo trato gastrintestinal, mesmo após a ingestão de altas doses do fármaco, a concentração sérica não será significativa para ocasionar uma superdosagem.
Em caso de administração de altas doses da niclosamida, podem ocorrer sintomas como náuseas, vômitos, cólicas gastrintestinais, diarréia.
O tratamento consiste na realização de medidas usuais de esvaziamento gástrico e de controle dos sintomas.
Dizeres legais
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
Registro MS n° 1.0550.0031

Adicionar um comentário

 
Strict Standards: Declaration of MY_Exceptions::show_404() should be compatible with CI_Exceptions::show_404($page = '', $log_error = true) in /home/farmacoinfo/public_html/br/application/core/MY_Exceptions.php on line 0

A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Undefined index: gracias

Filename: blocks/med_comentarios_form.php

Line Number: 16

*