Índice Remédio CATAFLEXYM

Apresentações
CATAFLEXYM **suspensão oral gotas 15 mg/mL - Embalagem contendo um frasco gotejador de 10 mL ou 20 mL. CATAFLEXYM comprimidos de 50 mg - Embalagem contendo 10 ou 20 comprimidos.*
USO ORAL. ADULTO E PEDIÁTRICO.
Composição
Cada comprimido de CATAFLEXYM contém: diclofenaco potássico 50mg. Excipientes q.s.p. 1 comprimido (celulose microcristalina, glicolato amido sódico, lactose, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio, dióxido de titânio, hidroxipropilmetilcelulose, polivinil acetoftalato ácido esteárico, trietilcitrato, corante amarelo crepúsculo laca, corante óxido de ferro vermelho, álcool etílico e água deionizada). Cada mL da suspensão oral de CATAFLEXYM gotas contém: diclofenaco resinato equivalente a 15 mg de diclofenaco potássico (aproximadamente 0,5 mg/gota). Excipientes q.s.p. 1 mL (aroma de tutti-frutti, vaselina, óleo mineral, sacarina sódica, álcool etílico, propilparabeno, butilhidroxianisol, butilhidroxitolueno e dióxido de silício coloidal).
Indicações
CATAFLEXYM está indicado no tratamento a curto prazo das seguintes condições agudas: Estados dolorosos e inflamatórios pós-traumáticos. Dor e inflamações no pós-operatório, em especial após cirurgias ortopédicas e odontológicas. Síndrome dolorosa aguda da coluna vertebral. Como adjuvante no tratamento de processos infecciosos graves acompanhados de dor e inflamações de ouvido, nariz e garganta, como, por exemplo, nas faringoamigdalites e otites, respeitando os princípios terapêuticos gerais de que a doença de base deve ser adequadamente tratada. Afecções reumáticas e inflamatórias degenerativas: artrite reumatóide, inclusive nas formas juvenis, espondilite anquilosante, osteoartrose, espondilartrites e tratamento sintomático da dismenorréia primária.
Contraindicações
O uso de CATAFLEXYM é contra-indicado em pacientes com antecedentes de hipersensibilidade ao diclofenaco ou a qualquer um dos componentes da fórmula, e naqueles em que as crises de asma ou rinite são precipitadas pelo ácido acetilsalicílico ou por fármacos com atividade inibidora da prostaglandina-sintetase. CATAFLEXYM também é contra-indicado nos pacientes com úlcera gastroduodenal. CATAFLEXYM não é indicado para menores de 14 anos, com exceção de casos de artrite juvenil crônica.
Interações medicamentosas
O diclofenaco potássico pode aumentar o efeito dos anticoagulantes orais e da heparina, aumentando o risco de hemorragia pela inibição da função plaquetária. Pode aumentar o efeito hipoglicemiante das sulfonamidas e aumentar a toxicidade hematológica do metotrexato. Administrado concomitantemente com a digoxina ou formulação contendo lítio, pode ocorrer aumento das concentrações plasmáticas dessas drogas. Administrado concomitantemente com outros agentes antiinflamatórios não esteróides, pode ocorrer aumento das reações adversas. Pode ocorrer aumento da nefrotoxicidade da ciclosporina, pelo uso simultâneo com antiinflamatórios não esteróides. O tratamento simultâneo com diuréticos poupadores de potássio pode estar associado à elevação dos níveis séricos de potássio.
Posologia e modo de usar
Adultos: Como regra, a dose diária inicial é de 100 a 150mg para adultos, e de 75 a 100mg por dia para pacientes acima de 14 anos de idade, bem como no tratamento de casos mais leves. A dose diária prescrita deve ser fracionada em 2 a 3 tomadas. Dismenorréia primária: A dose diária é geralmente de 50 a 150mg, adaptada a cada caso. A dose inicial de 50 a 100mg/diário deve ser administrada e, se necessário, aumentada no curso de vários ciclos menstruais até o máximo de 200mg/dia. O tratamento inicia-se com o aparecimento dos primeiros sintomas e, de acordo com a intensidade, prolonga-se por alguns dias. Crianças: Crianças com 1 ano ou mais devem receber dose diária de 0,5mg a 2mg por kg de peso corporal, diariamente, em 2 ou 3 tomadas dependendo da gravidade da afecção. 1 gota = aproximadamente 0,5mg de diclofenaco potássico. 1mL equivale aproximadamente a 30 gotas. CATAFLEXYM não é indicado para menores de 14 anos, com exceção de casos de artrite juvenil crônica. O frasco da suspensão deve ser agitado antes da administração das gotas, e sempre mantido na posição vertical.
Reações adversas
As seguintes reações adversas foram relatadas com o uso do diclofenaco potássico: Trato gastrointestinal: ocasionalmente podem ocorrer distúrbios gastrointestinais tais como dor epigástrica, náusea, vômito, diarréia, cólicas abdominais, flatulência, dispepsia e anorexia. Casos raros: sangramento gastrointestinal, hematêmese, melena, úlcera péptica com ou sem sangramento ou perfuração e diarréia sanguinolenta. Casos isolados: distúrbios no intestino grosso, como colite hemorrágica não-específica e exacerbação da colite ulcerativa ou proctocolite de Crohn, glossite, estomatite aftosa, lesões esofágicas e constipação. Sistema nervoso central e periférico: ocasionalmente podem ocorrer cefaléia, tontura ou vertigem, raramente sonolência e, em casos isolados, distúrbios da sensibilidade, incluindo parestesias, distúrbios de memória, desorientação, distúrbios de visão (visão turva e diplopia), audição alterada, tinido, insônia, irritabilidade, convulsões, depressão, ansiedade, pesadelos, tremores, reações psicóticas e alterações do paladar. Dermatológicas: ocasionalmente rash ou erupções cutâneas, raramente urticária e casos isolados de eritroderma, perda de cabelos, reações de fotossensibilidade, púrpura incluindo alérgica, eczema, eritema multiforme, síndrome de Stevens-Johnson e síndrome de Lyell. Sistema urogenital: casos isolados de insuficiência renal aguda, anormalidades urinárias tais como hematúria, proteinúria, nefrite intestinal, síndrome nefrótica e necrose papilar. Hepáticas: aumento da TGO e TGP. Casos raros de hepatite com ou sem icterícia. Casos isolados e hepatite fulminante. Hipersensibilidade: casos raros de asma, reações sistêmicas anafilática/anafilactóides incluindo hipertensão. Hematológicas: casos raros de trombocitopenia, leucopenia, anemia (hemolítica e aplástica) e agranulocitose. Outras reações: palpitações, dor torácica, hipertensão e edema.
Superdose
O tratamento de intoxicação aguda com o diclofenaco, consiste essencialmente em medidas sintomáticas e de suporte. As medidas terapêuticas a serem tomadas em casos de superdosagem são: lavagem gástrica e tratamento com carvão ativado, tão cedo quanto possível para ajudar evitar a absorção. Tratamento sintomático e de suporte deve ser administrado em casos de complicação, tais como: hipotensão, insuficiência renal, convulsões, irritação gastrointestinal e depressão respiratória. Terapias específicas tais como diurese forçada, diálise ou hemoperfusão não são úteis em decorrência do seu índice de ligação às proteínas e ao metabolismo extensivo.
Pacientes idosos
Estes pacientes devem ser orientados pelo seu médico na implantação do tratamento, e suas orientações quanto às doses e a duração do tratamento devem ser rigorosamente seguidas e, lembrando que pode ser necessária a utilização de doses menores que as usuais.
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
Reg. M.S.: 1.1560.0069.
Dizeres legais
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
Reg. M.S.: 1.1560.0069. CATAFLEXYMCIFARMAGel tópicodiclofenacoAnalgésico. Antiinflamatório.

Adicionar um comentário

 
Strict Standards: Declaration of MY_Exceptions::show_404() should be compatible with CI_Exceptions::show_404($page = '', $log_error = true) in /home/farmacoinfo/public_html/br/application/core/MY_Exceptions.php on line 0

A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Undefined index: gracias

Filename: blocks/med_comentarios_form.php

Line Number: 16

*