Índice Remédio CLAQUINONA

Apresentações
Gel. Embalagens contendo: uma bisnaga de 10, 20 e 30g.
USO ADULTO E PEDIÁTRICO (CRIANÇAS ACIMA DE 12 ANOS)
USO EXTERNO
Composição
Cada grama do gel contém: hidroquinona 40,0 mg, excipiente* q.s.p. 1,0 g.
* (carbômer 980, metilparabeno, metabissulfito de sódio, edetato dissódico diidratado, propilenoglicol, trometamina, água purificada)
Informações técnicas
CARACTERÍSTICAS
Propriedades Farmacodinâmicas
Havens e Tramposch observaram que a hidroquinona atuaria, não como inibidora da tirosinase, mas como um substrato alternativo da enzima, competindo com a tirosina por esta enzima. Palumbo et al. 1992, comprovaram que o efeito inibitório da hidroquinona na melanogênese seria o resultado de uma competição eficaz da mesma com a tirosina pela enzima tirosinase. Assim, uma vez que a melanogênese é afetada pela ação da hidroquinona quando aplicada topicamente, ocorre a interrupção da formação de melanina e subsequente clareamento reversível da pele.
Claquinona é um produto na forma de gel aquoso que auxilia na prevenção da repigmentação da pele tratada, que pode ser causada pela exposição da pele clareada à radiação solar e ultravioleta.
Indicações
Claquinona é indicada no clareamento gradual de manchas como melasmas, sardas, melanoses solares, e outras condições em que ocorrem hiperpigmentação por produção excessiva de melanina.
Contraindicações
Claquinona é contraindicada a pacientes hipersensíveis à hidroquinona ou a qualquer componente da fórmula.
Advertências e precauções
A segurança do produto em gestantes e mulheres em fase de amamentação ainda não foi estabelecida e, portanto, a relação risco-benefício deve ser avaliada para o uso do produto nestas condições. Em crianças menores de 12 anos, a segurança e a eficácia do uso de Claquinona não foram determinadas.
Claquinona não deve ser utilizada em grandes áreas do corpo. O produto não deve entrar em contato com os olhos. Caso ocorra contato acidental, lavar os olhos com bastante água e contatar imediatamente o seu médico. Se o produto entrar em contato com os lábios, pode ocorrer efeito anestésico e uma sensação amarga.
Claquinona não deve ser usada na pele irritada e na presença de queimaduras solares.
Claquinona não deve ser utilizada para o clareamento de cílios e supercílios.
Após o clareamento da pele, deve-se evitar exposição das áreas tratadas ao sol com a aplicação de protetores ou bloqueadores solares, ou pelo uso de roupas protetoras a fim de prevenir a repigmentação.
Para avaliar a hipersensibilidade do paciente ao produto, sugere-se aplicá-lo inicialmente em uma pequena parte de pele íntegra, na área que apresenta as manchas ou próxima a ela, por 24 horas. O aparecimento de leve vermelhidão não é necessariamente uma contraindicação, mas o tratamento deve ser suspenso se ocorrerem reações como prurido, inflamação excessiva ou formação de vesículas (bolhas).
Interações medicamentosas
O uso combinado de Claquinona com produtos contendo peróxido (peróxido de benzoila, água oxigenada) pode provocar escurecimento transitório da pele nas áreas tratadas. Este escurecimento pode ser revertido com a interrupção do uso concomitante das preparações e pela limpeza normal das áreas atingidas.
Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.
Não utilize Claquinona junto com outros produtos sem orientação médica, pois isto pode aumentar o risco de reações adversas.
Posologia e modo de usar
Aplicar uma fina camada de Claquinona na área a ser tratada, duas vezes ao dia, ou a critério médico.
Reações adversas
Claquinona pode causar reações, como eritemia, sensação leve de queimação e hipersensibilidade ocasional, como dermatite de contato localizada. Outras reações menos frequentes, como ocronose exógena e manchas marrons reversíveis nas unhas, também estão relacionadas ao uso de Claquinona. No caso da ocronose exógena, está relaciona-se ao uso de Claquinona por períodos prolongados, principalmente em indivíduos de pele parda. Não foram relatadas reações adversas sistêmicas advindas do uso Claquinona tópico.
Superdose
Não foram relatadas reações adversas sistêmicas com o uso de Claquinona tópica. Entretanto, Claquinona deve ser aplicado em pequenas partes do corpo visto que alguns pacientes apresentaram eritema transitório e leve sensação de queimação.
Dizeres legais
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
Reg. MS: n° 1.0583.0634

Adicionar um comentário

 
Strict Standards: Declaration of MY_Exceptions::show_404() should be compatible with CI_Exceptions::show_404($page = '', $log_error = true) in /home/farmacoinfo/public_html/br/application/core/MY_Exceptions.php on line 0

A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Undefined index: gracias

Filename: blocks/med_comentarios_form.php

Line Number: 16

*