GLUCANTIME - Reações adversas

Reação muito comum ( > 1/10).
Reação comum ( > 1/100 e < 1/10).
Reação incomum ( > 1/1.000 e < 1/100).
Reação rara ( > 1/10.000 e < 1/1.000).
Reação muito rara ( < 1/10.000).
Dores articulares, dores musculares, dor abdominal, cefaléia, mal estar geral, dispnéia, erupção cutânea, edema facial>e alterações nos testes das funções hepática e renal foram raramente relatadas.
Alterações no eletrocardiograma são dose-dependentes e geralmente reversíveis; na maioria dos casos, a inversão da onda T e o prolongamento do intervalo QT antecedem o início de uma arritmia grave. Reações febris transitórias, acompanhadas por calafrios ou sensação de desmaio com sudorese, tosse e vômitos associados à antimônio podem ocorrer no início do tratamento.
Muito raramente foram observados casos de pancreatite.
Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária -NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.