MANTIDAN - Reações adversas

Os mais frequentes são: Náuseas, tonturas e insônia. Com menor frequência também pode ser observado depressão, ansiedade ou irritabilidade, alucinações, confusão, anorexia, boca seca, constipação, ataxia, livedo reticular, edema periférico, hipotensão ortostática, cefaléia, sonolência, sonhos anormais, agitação, ressecamento das mucosas nasais, diarréia e fadiga. Reações raramente observadas: Insuficiência cardíaca congestiva, psicose, retenção urinária, dispnéia, rash cutâneo, vômitos, fraqueza, fala pastosa, euforia, anormalidades do pensamento, amnésia, hipercinesia, hipertensão, diminuição da libido, distúrbios visuais, edema de córnea e diminuição da capacidade visual. Convulsões, leucopenia, neutropenia, dermatite eczematosa e idéias suicídas ocorre em menos de 1% dos pacientes. Sistema nervoso Central: Coma, estupor, hipocinesia, hipertonia, delírios, comportamento agressivo, reações paranóicas e maníacas, movimentos involuntários e parestesias. A descontinuação abrupta do tratamento pode precipitar estes quadros. Outros: Insuficiência respiratória aguda, edema pulmonar, taquipnéia, disfagia, leucocitose e prurido cutâneo. Miscelânea: Síndrome neuroléptica maligna (ver precauções), reações alérgicas, incluindo reações anafiláticas.