Índice Remédio NEURALGINA

Apresentações
NEURALGINA drágeas - Embalagem contendo 20 drágeas. NEURALGINA solução oral/gotas - Embalagem com um frasco contendo 15mL.
Composição
Cada drágea de NEURALGINA contém: mucato de isometepteno 30mg, dipirona sódica 300mg, cafeína 30mg. Cada mL de NEURALGINA solução oral/gotas contém: cloridrato de isometepteno 50mg, dipirona sódica 300mg, cafeína 30mg.
Reg. M.S.: 1.1560.0024.
Indicações
Como analgésico e antiespasmódico.
Contraindicações
O uso do produto é contra-indicado em pacientes com antecedentes de hipersensibilidade a algum dos componentes da fórmula, nas crises hipertensivas, porfíria e deficiência congênita da glicose-6-fosfato-desidrogenase. Também é contra-indicado durante a gravidez.
Precauções
O produto não deve ser administrado a crianças menores de 1 ano de idade. Nos pacientes com distúrbios hematopoiéticos, preparados contendo dipirona só devem ser administrados sob rigoroso controle médico. Em pacientes com deficiência de protrombina, a dipirona pode agravar a tendência à hemorragia. Em tratamentos prolongados, deve-se controlar o perfil hematológico com hemogramas freqüentes, bem como a função hepática e renal do paciente. Devido ao isometepteno, deve ser utilizado com cautela em pacientes com hipertensão arterial. A pacientes extremamente sensíveis à cafeína, recomenda-se não tomar o produto à noite. Não se sabe se o medicamento tem efeitos teratogênicos nem se pode afetar a capacidade reprodutiva da mulher. Dessa forma, o uso do produto durante a gravidez só deve ser feito se absolutamente necessário, devendo ser evitado durante o primeiro trimestre. A segurança do produto durante a lactação não está estabelecida. Atenção: NEURALGINA drágeas contém açúcar, portanto, deve ser usado com cautela em portadores de diabetes. Interferência em exames laboratoriais: não existem referências sobre alterações relevantes de exames laboratoriais após a utilização adequada do produto.
Interações medicamentosas
Clorpromazina ou outros fenotiazínicos: o uso concomitante com preparados contendo dipirona pode levar à hipotermia grave. Pela presença da dipirona, NEURALGINA não deve ser utilizada concomitantemente com álcool, pois pode ocorrer potencialização dos efeitos do álcool. Em pacientes recebendo, concomitantemente, tratamento com ciclosporina, os níveis de ciclosporina no plasma podem ser reduzidos. Portanto, dosagens da concentração plasmática de ciclosporina são recomendadas em intervalos regulares.
Posologia e modo de usar
Adultos (a partir de 15 anos de idade): 1 a 2 drágeas, 3 a 4 vezes ao dia (dose máxima diária: 8 drágeas) ou 30 a 60 gotas, 3 a 4 vezes ao dia (dose máxima diária: 240 gotas). As doses podem ser aumentadas conforme a necessidade a critério médico. A dose diária máxima não deve ser excedida. Cada 1mL equivale a 30 gotas. Crianças: crianças de 9 a 15Kg (1-3 anos): 8 a 14 gotas (dose máxima diária: 56 gotas). Crianças de 16 a 21Kg (4-6 anos): 15 a 18 gotas (dose máxima diária: 72 gotas). Crianças de 22 a 28Kg (7-9 anos): 20 a 27 gotas (dose máxima diária: 108 gotas). Crianças de 29 a 40Kg (10 a 12 anos): 29 a 36 gotas (dose máxima diária: 144 gotas). Crianças de 40 a 50Kg (13-14 anos): 38 a 45 gotas ou 1 a 2 drágeas (dose máxima diária:180 gotas ou 8 drágeas).
Reações adversas
Dentre as reações adversas ao produto podem ocorrer discrasias sanguíneas: trombocitopenia, pancitopenia, agranulocitose, anemia hemolítica e metahemoglobinemia já foram relatadas, embora raros, casos de aplasia medular. Em pacientes sensíveis, independente da dose, preparados contendo dipirona podem provocar reações de hipersensibilidade cutânea do tipo alérgico, síndrome de Stevens-Johnson e eventualmente até anafilaxia. Caso durante o tratamento surjam manifestações cutâneas ou mucosas, principalmente da boca e da garganta, o tratamento deve ser suspenso e o médico imediatamente consultado. Em alguns pacientes, especialmente aqueles com história de doença renal, ou em casos de superdosagem, insuficiência renal transitória, como oligúria e anúria acompanhadas de proteinúria e inflamação do tecido renal (nefrite intersticial) podem ser observadas. Crises de asma podem ser observadas em pacientes predispostos. Em raros casos, um aumento de batimentos cardíacos e frequente irritabilidade podem ocorrer. Esses sintomas são breves e podem ser evitados com a redução da dose. Frequentemente efeitos colaterais simpaticotônicos como náusea, rubor, suor ou dor de cabeça podem ocorrer. Esses sintomas desaparecem em geral com a redução da dose.
Superdose
A dipirona em doses tóxicas também pode produzir sintomas centrais excitatórios, além de alterações no equilíbrio ácido-básico, náusea, vômitos e fenômenos hemorrágicos. A cafeína tem ação estimulante central, podendo acentuar os sintomas excitatórios das duas drogas anteriores. Em caso de superdosagem, a absorção do medicamento deve ser reduzida por indução de êmese, lavagem gástrica, administração de carvão ativado ou combinação das três medidas. Deve-se manter o paciente hidratado, sob rigoroso controle do equilíbrio ácido-básico e monitorização das condições respiratórias, cardíacas e neurológicas.
Pacientes idosos
Estes pacientes devem ser orientados por seu médico na implantação do tratamento e suas orientações quanto às doses e duração do tratamento devem ser rigorosamente seguidas.
Reg. MS: 1.1560.0024.

Adicionar um comentário

 
Strict Standards: Declaration of MY_Exceptions::show_404() should be compatible with CI_Exceptions::show_404($page = '', $log_error = true) in /home/farmacoinfo/public_html/br/application/core/MY_Exceptions.php on line 0

A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Undefined index: gracias

Filename: blocks/med_comentarios_form.php

Line Number: 16

*