Índice Remédio RIFOCINA

Apresentações
Solução injetável de 250mg/ampola: caixas com 5 ampolas de 3mL.
Composição
Cada mL contém: rifamida SV sódica (equiv. a 83,333mg de rifamicina SV ácida) 85,956mg (1% de excesso é adicionado durante o processo de fabricação). Veículo q.s.p. 1mL (ácido ascórbico, cloridrato de lidocaína monoidratado, metabissulfito de potássio, edetato dissódico, povidona K17, bicarbonato de sódio, hidróxido de sódio, água para injetáveis). RIFOCINA®SANOFI-AVENTISIntravenosarifamicina SV sódicaAntibiótico.Uso adulto e pediátrico.
Informações ao paciente
Ação esperada do medicamento: RIFOCINA® Spray é utilizada para tratar infecções de superfície (uso externo), pulverizando a área afetada. Cuidados de armazenamento: RIFOCINA® Spray deve ser conservada em sua embalagem original, conservada em temperatura ambiente (entre 15 - 30 °C) e ao abrigo da luz. Prazo de validade: vide cartucho. Ao adquirir o medicamento, confira sempre o prazo de validade impresso na embalagem externa do produto. Nunca use medicamento com prazo de validade vencido, pois pode ser prejudicial à sua saúde. Antes de utilizar o medicamento, confira o nome na embalagem, para não haver enganos. Não utilize RIFOCINA® Spray caso haja sinais de violação e/ou danificações da embalagem. Gravidez e lactação: informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando. Cuidados de administração: siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Para uma aplicação eficaz, pressione repetidamente a válvula, mantendo o frasco em posição vertical (em pé). Interrupção do tratamento: siga as instruções de seu médico quanto ao emprego do produto, não interrompendo ou modificando o tratamento sem antes consultá-lo. Reações Adversas: qualquer reação adversa deve ser comunicada ao médico. RIFOCINA® Spray pode causar uma pigmentação predominantemente vermelho-alaranjada na pele e/ou fluidos (incluindo pele, dentes, língua, urina, fezes, saliva, escarro, lágrimas, suor e fluido cerebroespinhal). Lentes de contato, dentes ou dentaduras podem tornar-se permanentemente manchados. TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. Contra-indicações e Precauções: RIFOCINA® Spray é contra-indicada em pacientes que apresentam hipersensibilidade a rifamicinas ou a qualquer componente da fórmula. Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento. NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA A SAÚDE.
Informações técnicas
A rifamicina SV é um antibiótico de elevado poder bactericida, com atividade tanto contra germes Gram-positivos como Gram-negativos quando em uso local. Atua particularmente nas infecções que não respondem ao emprego de outros antibióticos e mesmo nas causadas pelos estafilococos penicilino-resistentes.
Indicações
Tratamento tópico das infecções de superfície, causadas por microorganismos sensíveis à rifamicina: ferimentos e feridas infectadas; queimaduras; furúnculos; piodermites; dermatoses infectadas; úlceras varicosas, pós-flebíticas, ateroscleróticas e diabéticas; dermatites eczematóides; curativos de feridas pós-cirúrgicas infectadas (adenites, panarícios, supurações de parede).
Contraindicações
RIFOCINA® Spray está contra-indicada a pacientes com história de hipersensibilidade a qualquer rifamicina ou a outro componente da formulação.
Precauções
RIFOCINA® Spray contém metabissulfito de potássio. Em pessoas suscetíveis, particularmente em asmáticos, esta substância pode causar reações alérgicas e crises asmáticas severas. Superinfecção: assim como ocorre com outros antibióticos, o uso prolongado de rifamicina pode resultar no crescimento concomitante de organismos não-suscetíveis (particularmente estafilococos). Avaliação repetida das condições do paciente é essencial. Se ocorrer superinfecção, o tratamento deve ser interrompido e medidas terapêuticas apropriadas devem ser aplicadas. A administração de rifamicina deve ser restrita a um período de tempo limitado e, sempre que possível, o tratamento deve ser realizado com baixas doses e alternado com outros agentes terapêuticos. Evitar aplicação em áreas extensas, próximo ao interior do ouvido ou em contato com tecido nervoso. Atenção: não utilizar na cavidade oral. Uso na gravidez e lactação: RIFOCINA® Spray deve ser utilizada durante a gravidez somente se o benefício potencial justificar o risco potencial para o feto. Não são conhecidos dados que contra-indiquem o uso de RIFOCINA® Spray durante a amamentação.
Interações medicamentosas
Têm sido relatadas interações com anticoagulantes, ciclosporina e contraceptivos orais com uso sistêmico de RIFOCINA® Spray; também foi observada interação com ciclosporina no tratamento tópico com rifamicina. Pacientes utilizando contraceptivos hormonais por via oral ou outras vias sistêmicas devem ser advertidos a alterarem para métodos contraceptivos não-hormonais durante o tratamento com RIFOCINA® Spray.
Posologia e modo de usar
Para aplicação dentro de cavidade ou para lavagem de cavidade após aspiração do conteúdo purulento, e possibilidade de limpeza com solução salina. Para aplicação externa (para lesões, feridas ou furúnculos) ou para preparação de curativos ou compressas. Uso tópico externo. Atenção: não utilizar na cavidade oral. Pulverizar a área afetada a cada 6-8 horas, ou a critério médico. Para uma aplicação eficaz, pressione repetidamente a válvula, mantendo o frasco em posição vertical (em pé). RIFOCINA® Spray pode ser associada com a administração de outros antibióticos sistêmicos.
Reações adversas
RIFOCINA® Spray pode causar uma pigmentação predominantemente vermelho-alaranjada na pele e/ou fluidos (incluindo pele, dentes, língua, urina, fezes, saliva, escarro, lágrimas, suor e fluido cerebroespinhal). Lentes de contato, dentes ou dentaduras podem tornar-se permanentemente manchados. Têm sido relatados raros casos de reações dolorosas ou alérgicas no local de aplicação. Em casos excepcionais, tem sido relatada a possibilidade de reações severas de hipersensibilidade sistêmica incluindo choque ou reações anafiláticas, após a aplicação tópica em lesões cutâneas contínuas ou outras regiões do corpo.
Superdose
Não são conhecidos sintomas de superdosagem.
Pacientes idosos
Não há advertências e recomendações especiais sobre o uso adequado desse medicamento por pacientes idosos.
"SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
Reg. MS.: 1.1300.0202.

Adicionar um comentário

 
Strict Standards: Declaration of MY_Exceptions::show_404() should be compatible with CI_Exceptions::show_404($page = '', $log_error = true) in /home/farmacoinfo/public_html/br/application/core/MY_Exceptions.php on line 0

A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Undefined index: gracias

Filename: blocks/med_comentarios_form.php

Line Number: 16

*