ACECLOFENACO - Precauções

Os pacientes com distúrbios gastrintestinais ou com antecedentes de úlcera péptica, doença de Crohn, distúrbios hematopoiéticos, afecções hepáticas, cardíacas ou renais graves, deverão ser mantidos sob rígido controle médico. Em pacientes submetidos a tratamento prolongado, deverão ser realizadas contagens hemáticas periódicas e controle da função hepática e renal. Precaução especial com pacientes de idade avançada; diminuir a dose em idosos debilitados ou de baixo peso e naqueles com tratamento diurético. Não se recomenda sua prescrição durante a gravidez. Não administrar, principalmente, no terceiro trimestre de gravidez (devido a possível inibição das concentrações uterinas e fechamento do ducto arterial).