ADALIMUMABE - Precauções

Em pacientes com patologias neurológicas desmielinizantes, a relação risco-benefício deverá ser ponderada, visto que o adalimumabe em casos isolados provocou piora da sintomatologia destas doenças. Na gravidez deverá ser avaliado o benefício para a mãe e o feto, recomendando, no caso de mulheres férteis, evitar a gravidez durante o tratamento. Na amamentação, deve-se decidir segundo a necessidade, isto é, ou se suspende o fármaco ou a amamentação.