ANACINRA Informações da substância

Ações terapêuticas

Artrite reumatoide associada ao metotrexato em pacientes refratários a este último.

Propriedades

A anacinra é um imunossupressor produzido em células de Escherichia coli pela tecnologia do DNA recombinante que neutraliza a atividade biológica da interleucina-1a (IL-1a) e interleucina-1b (IL-1b) por inibir competitivamente a união dessas citocinas ao receptor do tipo 1 da interleucina-1(IL-1R1). Sabe-se que a IL-1 é uma citocina pró-inflamatória chave na inflamação sinovial (está presente no plasma e no líquido sinovial de pacientes com artrite reumatoide). A anacinra inibe as respostas provocadas pela IL-1 in vitro, incluindo a indução de óxido nítrico (NO) e prostaglandina E (PGE) e/ou a produção de colagenase pelas células sinoviais, os fibroblastos e os condrócitos. Após sua aplicação em bolo por via subcutânea, a biodisponibilidade alcançada foi da ordem de 95% e sua meia-vida foi calculada em 4-6 horas.

Indicações

Artrite reumatoide associada ao metotrexato.

Posologia

Por via subcutânea (SC), 100 mg ao dia (na medida do possível a aplicação deve ser feita sempre à mesma hora). Recomenda-se não aplicar na mesma zona e ir alterando o ponto de punção. Não é necessário modificar a dose em pacientes com insuficiência renal leve ou moderada.

Reações adversas

O efeito relatado mais frequentemente foi a dor e os distúrbios no sítio da aplicação (eritema, equimoses, inflamação). Assinalaram-se também cefaleias, neutropenia, celulite.

Precauções

A anacinra não deve ser indicada para pacientes portadores de neutropenia. Recomenda-se avaliar a contagem de neutrófilos mensalmente durante os primeiros 6 meses de tratamento.

Interações

Não foram registradas interações com este medicamento.

Contraindicações

Hipersensibilidade ao fármaco. Insuficiência renal grave. Gravidez e amamentação.