CáLCIO Informações da substância

Propriedades

O cálcio é o 5º elemento em abundância no corpo humano e possui uma importante função na regulação de muitos processos fisiológicos, na integridade das células nervosas e musculares, na função cardíaca e na formação do osso. Age como cofator enzimático e participa nos processos de secreção e excreção das glândulas endócrinas e exócrinas, na liberação de neurotransmissores e na manutenção da permeabilidade de membrana, da função renal e da respiração. O cálcio é excretado pelas fezes (80%) e pela urina (20%). Os sais de cálcio habitualmente utilizados por via intravenosa são o cloreto, o gluceptato e o gluconato.

Indicações

a) Hipocalcemia: na gravidez, crescimento rápido, tetania por hipoparatireoidismo, tetania neonatal, deficiência de vitamina D e alcalose; b) intoxicação por magnésio (superdose de sulfato de magnésio); c) tratamento dos efeitos deletérios da hiperpotassemia; d) reanimação cardíaca: quando falha a adrenalina e a desfibrilação produz contrações fracas ou inadequadas. Foi utilizado como coadjuvante em: 1) picadas de insetos (aranha viúva-negra e outros), para diminuir a permeabilidade capilar nas reações alérgicas; 2) osteomalácia. Também na prevenção da hipocalcemia transfusional. O gluconato de cálcio também é utilizado como suplemento de cálcio na nutrição parenteral total.

Posologia

Em hipocalcemias graves 7 a 14mEq IV em adulto; de 1 a 7mEq IV em crianças; menos de 1mEq IV em lactantes. A dose pode ser repetida cada 3 dias. Para tratamento da hipocalcemia tetânica: em adultos de 4,5 a 16mEq IV em infusão lenta até que apareça resposta; em crianças de 0,5 a 0,7mEq/kg IV em infusão lenta até que apareça resposta; em lactantes 2,4mEq/kg/dia IV. Reanimação cardíaca: infusão IV lenta (0,7 a 1,5mEq/minuto).

Superdosagem

Hipotensão, parada cardíaca. Hipercalcemia aguda: debilidade, letargia, vômitos, coma e morte súbita.

Reações adversas

Vasodilatação periférica. Hipotensão arterial. Sensação de opressão (onda de calor). Necrose local se for injetada inadvertidamente por via intramuscular.

Precauções

Não injetar nos tecidos. As soluções de cálcio injetável são irritantes para as veias. Administrar com precaução a pacientes que recebem digitálicos, devido à sinergia dos efeitos cardíacos. Por não existirem provas conclusivas recomenda-se não utilizar em gestantes a menos que o benefício para a mãe supere o risco potencial para o feto. A lactação deve ser suspensa.

Interações

Evitar a administração de outros compostos de cálcio. Não combinar com outros fármacos intravenosos, pois é incompatível com vários desses fármacos. Glicosídeos cardiotônicos: sinergismo. Tetraciclinas: inativação.

Contraindicações

Reanimação cardíaca em presença de fibrilação ventricular. Intoxicação por digitálicos. Hipercalcemia.

Remédio que contêm Cálcio