ESCINA Informações da substância

Ações terapêuticas

Antiedematoso. Antivaricoso.

Propriedades

É um flebotônico fitoterápico extraído da planta Aesculus hippocastanum (castanheiro silvestre ou castanheiro-da-índia). Como outros rutosídios e bioflavonoides, é uma saponina que apresenta atividade antiedematosaantiexsudativa com uma leve ação sobre o tônus do músculo liso da parede venosa. Juntamente com esculina, rutina e hesperidina integra os rutosídeos flavonoides de freqüente emprego em flebolinfologia tanto por via sistêmica (oral-parenteral) como tópica. Por sua ação sobre veias e capilares diminui a hiperpermeabilidade vascular, melhorando a hemodinâmica, a linfocinese e reduzindo o edema dos membros inferiores em pacientes com varizes ou submetidos a cirurgia.

Indicações

Varizes de diferentes tipos, flebectasias-varículas, edemas venosos, doença hemorroidal, linfedema, varizes de gravidez.

Posologia

Por via oral administram-se 60 a 180 mg por dia. Em terapias crônicas mantém-se uma dose de 60 mg/dia. Dose máxima: via intravenosa, 20 mg diários. Via tópica: aplica-se nas regiões afetadas 2 a 3 vezes por dia massageando com suavidade.

Precauções

Por não estar comprovada sua inocuidade durante a gravidez deverá ser avaliado o benefício potencial diante do risco.

Contraindicações

Hipersensibilidade ao fármaco. Insuficiência hepática ou renal grave.

Remédio que contêm Escina