FLUOCORTOLONA Informações da substância

Ações terapêuticas

Corticoide tópico.

Propriedades

A fluocortolona é um corticoide fluorato de aplicação tópica, que tem aplicação em qualquer tipo de dermatose que apresente resposta à corticoterapia. Nas dermoses úmidas, favorece a eliminação das secreções conduzindo a uma drenagem rápida e a secagem da lesão.

Indicações

Tratamento de todas as afecções cutâneas: dermatites de contato: eczema profissional; eczema vulgar, numular, degenerativo e seborreico, eczema disidrótico, eczema relacionado com transtornos varicosos; eczema anal; eczemas em crianças, neurodermite, dermatite atópica; psoríase; líquen rubro plano e verrucoso, lúpus eritematoso discoide; queimaduras de primeiro grau.

Posologia

Via tópica, uma camada fina, de 2 a 3 vezes ao dia, sobre a região afetada.

Reações adversas

As principais reações adversas comprreendem atrofias cutâneas, telangiectasias, estrias, quadros acneiformes, dermatite perioral, hipertricose, reações alérgicas cutâneas.

Precauções

Recomenda-se associar a fluocortolona com uma terapêutica específica, especialmente nos casos de dermatoses complicadas com infecções bacteriana e/ou micótica. Não aplicar sobre a pele da face em presença de rosácea ou dermatite perioral durante o primeiro trimestre da gravidez e durante a fase de amamentação. Em lactentes e crianças com idade inferior a 4 anos, aconselha-se a não prolongar o tratamento durante mais do que 3 semanas, principalmente em zonas habitualmente cobertas pelas fraldas.

Interações

Nenhuma conhecida até o presente.

Contraindicações

Pacientes com processos tuberculosos ou luéticos afetando a região a ser tratada; afecções virais (varicela-zóster), durante o primeiro trimestre de gravidez e em caso de hipersensibilidade ao fármaco.

Remédio que contêm Fluocortolona