FORMESTANO Informações da substância

Propriedades

O formestano (4-hidroxiandrostenediona) é um inibidor da aromatase, que se utilizada em pacientes que sofrem recaída do tratamento de câncer de mama avançado com tamoxifeno, onde parece ser melhor tolerado do que aminoglutetimida. É também utilizado no tratamento do câncer de próstata e, em combinação com agonistas do LHRH, no tratamento do câncer de mama. É absorvido lentamente após administração intramuscular; o pico plasmático é alcançado em cerca de 1 a 2 dias após a injeção e a sua biodisponibilidade IM é de 20% a 25%. Após a administração oral, o pico plasmático é alcançado em 1 a 1,5 h. Uma fração importante da dose oral é metabolizada no fígado. Por via IM, a meia-vida de eliminação inicial é de 2 a 4 dias e a meia-vida de eliminação terminal é de 5 a 10 dias. Por via oral, a meia-vida do formestano é de 2 a 3 horas.

Indicações

Câncer de mama avançado, combinado com agonistas do LHRH. Câncer de próstata.

Posologia

Via intramuscular: 250 mg cada 2 semanas para câncer de mama avançado em mulheres pós-menopáusicas. Por via oral: 250 mg/dia.

Superdosagem

Tratamento sintomático.

Reações adversas

Calor, instabilidade emocional, metrorragias, enjoos, letargia, náuseas, reações anafilactoides, neutropenia (raramente).

Precauções

Administrar com precaução em insuficiência renal e hepática, transtornos hematológicos e em pacientes sob tratamento com anticoagulantes e em diabéticos.

Interações

Anfoterecina B: efeitos adversos aditivos, aumento do risco de nefrotoxicidade, hipotensão e broncospasmo. Caso não seja possível evitar administração conjunta, realizar monitoração estrita da pressão arterial e das funções renal e pulmonar.

Contraindicações

Hipersensibilidade ao fármaco.