GRAMICIDINA Informações da substância

Propriedades

A gramicidina é um antibiótico polipeptídico (bacitracina, colistina, polimixina) que, junto à tirocidina em proporção 20/80, compõe o antibiótico firotricina que por sua vez se obtém do Bacillus brevis. Age como detergente catiônico, alterando a permeabilidade da membrana citoplasmática bacteriana, produzindo alterações na concentração intracelular dos cátions, especialmente de potássio. Possui atividade contra cocos Gram-positivos e algumas Neisseria; considera-se bactericida, porém pode ser bacteriostática em função da sensibilidade do organismo patógeno. É inativada no soro e nos líquidos corporais e somente é eficaz por via tópica. Não deve ser utilizada de forma sistêmica, devido a sua elevada toxicidade.

Indicações

Infecções cutâneo-mucosas; como colutório orofaríngeo (balas, pastilhas) em amigdalite, faringite, laringite. Infecções oculares externas.

Posologia

Dose usual para o adulto: tópica, 1,25 mg (0,00125 mg) cada 3 ou 4 horas ou com frequência maior. Dose usual pediátrica: tópica, 1,25 mg (0,00125 mg) cada 3 ou 4 horas ou com frequência maior.

Reações adversas

Prurido, rash cutâneo, avermelhamento, edemas, irritação.

Precauções

Empregar com precaução em pacientes com antecedentes de hipersensibilidade ou intolerância aos aminoglicosídeos ou antibióticos polipeptídicos. Não foram descritos problemas em seres humanos com relação à administração de gramicidina durante a gravidez ou lactação; o uso desse fármaco não produz alterações na reprodução.

Interações

Não foram descritas interações com outros medicamentos.

Remédio que contêm Gramicidina