IVABRADINA - Reações adversas

As principais reações adversas compreendem fenômenos luminosos (escotomas), visão turva, bradicardia, bloqueio A-V do primeiro grau, extrassístoles ventriculares. Menos freqüentemente observam-se palpitações, extrassístoles supraventriculares, arritmia sinusal, angina instável, angina de peito agravada, fibrilação atrial, isquemia miocárdica, infarto de miocárdio e taquicardia ventricular, náuseas, constipação, diarreia, cefaleias, geralmente durante o primeiro mês de tratamento, enjoos possivelmente relacionados com a bradicardia, vertigens, dispneia, cãibras musculares, hiperuricemia, eosinofilia, aumento dos níveis séricos de creatinina.