LáTICO, áCIDO Informações da substância

Ações terapêuticas

Hidratante dérmico.

Propriedades

A elasticidade da pele depende, principalmente, do conteúdo de água do estrato córneo; se o nível de hidratação desse é superior a 10%, a pele encontra-se flexível e suave, no entanto, abaixo desse valor ela fica áspera e pouco flexível, ocorrendo cisão e descamação da pele. Junto a essas manifestações podem aparecer irritações na pele subjacente. O ácido lático é um alfa-hidroxiácido que proporciona alívio sintomático à pele seca, por ser um agente umectante e suavizante. Reduz a queratinização excessiva em pacientes com manifestações de hiperqueratinização (ictiose, psoríase). Ocasionalmente associa-se com vitamina E, que melhora o efeito umectante em patologias menores da pele, como lesões actínicas, queimaduras, dermatites.

Indicações

Na umectação da pele seca, xerose, ictiose vulgar e no alívio do prurido associado a essas manifestações.

Posologia

Na forma de solução ou creme a 10%-12%. Aplicar diretamente sobre as áreas afetadas friccionando cuidadosamente, duas vezes ao dia, ou segundo a orientação médica.

Precauções

A solução de ácido lático é somente para uso externo. Não deve entrar em contato com os olhos, lábios e nem com membranas mucosas. Na pele irritada e inflamada pode ocorrer o aparecimento de descamação e queimação suaves. Suspender o tratamento se ocorrerem irritações cutâneas. Não é recomendado o tratamento durante a gravidez, salvo casos em que o benefício da paciente supere o risco potencial para o feto.

Contraindicações

Hipersensibilidade ao fármaco.

Remédio que contêm Lático, ácido