LOMEFLOXACINO - Precauções

Evitar a administração de lomefloxacino em pacientes com exacerbações de bronquite crônica por Streptococcus pneumoniae, pois esse microrganismo é resistente. Evitar a exposição à luz solar direta e à luz ultravioleta durante uma semana após receber lomefloxacino. Caso haja convulsões ou sintomas de estimulação do SNC, o tratamento deve ser imediatamente suspenso. A segurança e a eficácia desse fármaco em menores de 18 anos e em grávidas não foram estabelecidas, assim, deve ser administrada nessas condições somente quando os benefícios superarem os possíveis riscos. A amamentação deve ser interrompida caso seja administrado lomefloxacino à mãe.