MAGNéSIO, CLORETO Informações da substância

Ações terapêuticas

Anti-hipomagnesemia.

Propriedades

O magnésio é o segundo cátion em abundância nos líquidos celulares. Age como ativador de várias enzimas, por esse motivo seu déficit causar uma grande variedade de alterações funcionais. É utilizado por via intravenosa em casos de deficiência de magnésio, como restaurador eletrolítico. Pode ser administrado também por via oral.

Indicações

Deficiência de magnésio.

Posologia

Via intravenosa: 1 a 40/dia diluídos em solução de dextrose a 5%, razão de 4 g por cada 250 ml de solução, a uma velocidade de infusão não superior a 3 ml/min.

Reações adversas

Enrubescimento, sudorese, hipotensão, hipotermia, estupor e depressão respiratória.

Precauções

As soluções injetáveis de cloreto de magnésio podem produzir intoxicação; para evitá-la deve-se administrar uma solução de cálcio por via intravenosa. A respiração e pressão sanguínea devem ser cuidadosamente monitoradas durante e após a administração de cloreto de magnésio injetável. Por não existirem provas conclusivas, recomenda-se não usar em gestantes a menos que o benefício para a mãe supere o risco potencial para o feto.

Contraindicações

Insuficiência renal, cardiopatias severas, coma.

Remédio que contêm Magnésio, cloreto