METFORMINA Informações da substância

Ações terapêuticas

Hipoglicemiante oral.

Propriedades

É um hipoglicemiante oral do grupo das biguanidas. Apresenta boa absorção oral, com uma meia-vida plasmática de eliminação de 3 a 6 horas. Mecanismo de ação: aumento do número de receptores de insulina.

Indicações

Diabetes não dependente de insulina, especialmente em obesos e em hiper-sensíveis às sulfonilureias.

Posologia

Dose usual: 1.000 a 1.500 mg/dia. Dose máxima: 2.500 mg/dia. Após 2 semanas é conveniente ajustar as doses em função dos controles glicêmicos.

Reações adversas

Náuseas, pirose, vômitos e diarreia. Sabor metálico. Existe risco de acidose lática, mais frequente em idosos e pacientes com insuficiência renal, sendo menor do que com a fenformina.

Precauções

Se for indicada a pacientes insulinodependentes, a glicemia deve ser monitorada antes de se modificar a dose de insulina.

Interações

A metformina pode reduzir a absorção de vitamina B12.

Contraindicações

Insuficiência renal. Condições hipóxicas (insuficiência cardíaca grave, insuficiência respiratória, infecções agudas). Etilismo. Gravidez. Pré-operatório e pós-operatório. Hipersensibilidade à metformina.

Remédio que contêm Metformina