MODAFINILA - Interações

Deve ter-se precaução ao empregar inibidores da monoaminoxidase (IMAO) concomitantemente com a modafinila. A administração conjunta com indutores potentes do CYP3A4 (por exemplo carbamazepina, fenobarbital, rifamicina) ou inibidores daquela isoenzima (cetoconazol, itraconazol) pode afetar os níveis circulantes de modafinila dada a participação da enzima na metabolização deste composto. Deve-se ter precaução quando a administração de modafinila juntamente com fármacos que sejam metabolizados por CYP1A2, CYP2B6 e CYP3A4, devido à possibilidade da produção de uma diminuição dos níveis plasmáticos desses fármacos. Outros resultados também indicam o potencial de indução do CYP3A4 pela modafinila; disto resulta a possibilidade de haver aumento dos níveis de ciclosporina, anovulatórios esteroidais e, em menor proporção, teofilina, quando administrados juntamente com a modafinila. É conveniente efetuar um estrito controle dos pacientes medicados com varfarina e fenitoína, pois ambas são substratos do citocromo CYP2C9, durante os primeiros meses de tratamento e frente a uma alteração de doses. Os fármacos que são extensamente metabolizados pelo citocromo CYP2C19, como diazepam, o propranolol e a fenitoína ou S-mefenitoína, podem ter sua eliminação prolongada quando administrados conjuntamente com a modafinila e, portanto, pode ser necessário realizar-se um reajuste da dose. Em pacientes tratados com tricíclicos e que apresentem déficit do CYP2D6 (por exemplo os metabolizadores lentos de debrisoquina; são 7% a 10% da população caucasiana), o metabolismo através da isoenzima CYP2C19 pode estar substancialmente aumentado. Portanto, a modafinila pode causar um aumento dos níveis de tricíclicos neste subgrupo de pacientes. Os médicos devem estar alertas para a eventual necessidade de uma redução das doses de antidepressivos tricíclicos em tais pacientes. A eficácia dos anovulatórios esteroidais pode ser reduzida durante o tratamento com modafinila e até um mês depois da sua finalização. Portanto, nestas condições, aconselha-se indicar às pacientes um método contraceptivo alternativo.