OXAPROZINA Informações da substância

Ações terapêuticas

Anti-inflamatório não-esteroidal. Antirreumático.

Propriedades

É um anti-inflamatório não esteroidal (AINE) pertencente aos derivados do ácido propiônico (ibuprofeno, fenoprofeno, naproxeno), que possui ação analgésica, antipirética e antirreumática. Sua atividade terapêutica é atribuída ao bloqueio da biossíntese de prostaglandinas ao inibir a enzima cicloxigenase à prostaglandinsintetase. Como os demais derivados anti-inflamatórios não esteroidais, a oxaprozina inibe também a migração celular e o quimiotactismo de leucócitos e macrófagos ao foco inflamatório, diminuindo também a produção de complexos celulares e fator reumatoide sérico e sinovial. Sua absorção no trato gastrintestinal após a sua administração por via oral é rápida e completa. Sua biotransformação ocorre em nível hepático e se elimina especialmente pela urina em forma de metabólitos inativos.

Indicações

Osteoartrite, artrite reumatoide, espondilite anquilosante, artrose, reumatismos extra-articulares e patologias inflamatórias miotendinosas.

Posologia

Em osteoartrite: 600 mg uma vez por dia. Em artrite reumatóide: 1.200 mg/dia administrados em uma tomada única ou divididos cada 12 horas.

Reações adversas

Em geral são escassas e de caráter leve. Foram informados náuseas, vômitos, epigastralgias, rash cutâneo, urticária, cefaleia, tonturas, edema maleolar.

Precauções

Em terapias prolongadas, especialmente em indivíduos idosos, pacientes com transtornos hepáticos, nefropatas e cardíacos, deveriam ser realizados controles periódicos dos diferentes parâmetros funcionais. Em mulheres grávidas deve-se avaliar o risco-benefício.

Interações

Não associar com outros AINE ou ácido acetilsalicílico, já que aumenta o risco de provocar efeitos indesejáveis. Por sua elevada ligação às proteínas plasmáticas pode interagir com fármacos que também se ligam às albuminas do soro.

Contraindicações

Úlcera gastroduodenal. Hipersensibilidade ao fármaco ou a derivados do ácido propiônico e ácido acetilsalicílico ou similares, especialmente em indivíduos alérgicos, asmáticos, com pólipos nasais. Crianças menores de 12 anos. Insuficiência hepática severa.