PEPSINA Informações da substância

Ações terapêuticas

Enzima digestiva.

Propriedades

Trata-se de uma enzima gástrica que inicia a digestão das proteínas, e as leva ao estado de peptona, hidrolizando as ligações peptídicas. Sua carência parece ser compensada pela ação das enzimas pancreáticas e intestinais. É habitualmente utilizada na deficiência de pepsina e de secreções pancreáticas para auxiliar na digestão de proteínas.

Indicações

Dispepsias funcionais. Disfunção gástrica por deficiência de pepsina. Como coadjuvante da pancreatina e dos sais biliares na deficiência de secreções pancreáticas.

Posologia

A dose média recomendada é de 25 mg após as principais refeições.

Remédio que contêm Pepsina