POTáSSIO, ACETATO Informações da substância

Ações terapêuticas

Reposição eletrolítica.

Propriedades

É um sal potássico utilizado por via parenteral como alternativa ao cloreto de potássio. O potássio encontra-se em baixa concentração nos líquidos extracelulares e no plasma, porém é o cátion mais abundante no citoplasma celular. Elimina-se principalmente pela urina e o funcionamento normal dos rins é o responsável pela manutenção do equilíbrio eletrolítico.

Indicações

Hipopotassemia (quando a via oral não é conveniente).

Posologia

A condição de cada paciente define a dose a ser administrada.

Superdosagem

Sintomas de hiperpotassemia. Em caso de superdose suspender a administração imediatamente e instituir medidas corretivas do nível sérico de potássio e do equilíbrio ácido-base.

Reações adversas

Náuseas, vômitos, dor abdominal, diarreia. Sinais e sintomas de intoxicação por potássio.

Precauções

Sua administração deve ser precedida e monitorada por eletrocardiogramas seriados, pois a potassemia não reflete fielmente os níveis de potássio tissular. As concentrações elevadas de potássio podem provocar parada cardíaca, bradicardia, arritmias e morte. Não foi estabelecida a segurança do uso durante a gravidez.

Contraindicações

Administrar com precaução em pacientes com níveis elevados de potássio.