PRAZIQUANTEL Informações da substância

Ações terapêuticas

Antiparasitário.

Propriedades

É um anti-helmíntico antiparasitário de amplo espectro, contra numerosas espécies de cestódeos e trematódeos, para tratar a esquistossomose (Schistosoma mansoni, japonicum), e a cisticercose, Taenia solium, Hymenolepsis nanis; fasciolíase. Absorve-se rápida e completamente ( > 80%) após a administração oral, em especial quando ingerido com as refeições. Seu pico plasmático é alcançado 1 a 3 horas após sua administração. O praziquantel sofre uma importante biotransformação metabólica no fígado (fenômeno de primeira passagem hepática) e seus metabólitos inativos são eliminados por hidroxilação. Sua meia-vida plasmática oscila entre 1 e 1,5 horas, é bem distribuído no SNC (por isso é indicado na neurocisticercose), e a maior parte ( > 90%) é eliminada pela urina em 24 horas. O fármaco também é excretado pelo leite materno, portanto deve-se evitar a lactação durante 3 ou 4 dias após sua administração.

Indicações

Doenças parasitárias de localização gastrintestinal e extra-intestinal. Esquistossomose (S. mansoni, S. haematobium, S. japonicum, S. intercalatum), cisticercose.

Posologia

Em esquistossomose: 20 mg/kg administrados com as refeições, cada 4 a 6 horas, em um dia. Em cisticercose de localização cerebral (neurocisticercose): 50 mg/kg/dia repartidos em 2 ou 3 tomadas durante 15 dias. Durante esse tratamento é frequente o surgimento de efeitos secundários sobre o SNC (cefaleia, hipertermia, hipertensão intracraniana, vertigem) devido à lise parasitária. Nesses casos é aconselhável associar dexametasona injetável. Em fasciolíase: 25 mg/kg em 3 tomadas em um dia.

Reações adversas

Geralmente são leves e transitórias. Foram informados náuseas, vômitos, diarreia, dores abdominais do tipo cólica, tonturas, vertigem, prurido, reações alérgicas cutâneas, febre. Nas localizações cerebromeníngeas pode provocar irritação, congestão e edema cerebral com hipertensão intracraniana.

Precauções

Como durante o tratamento podem manifestar-se tonturas e sonolência, o paciente não deve dirigir veículos nem maquinarias que exijam um grau de vigilância ou alerta. Em pacientes com insuficiência renal ou hemodiálise é aconselhável empregar uma dose de carga inicial igual à dos indivíduos normais.

Contraindicações

Gravidez e lactação. Seu emprego é desaconselhado em cisticercose ocular porque pode produzir graves lesões na córnea, com perda da visão. Insuficiência hepática severa.

Remédio que contêm Praziquantel