SULBUTIAMINA Informações da substância

Ações terapêuticas

Antiastênico. Revitalizante.

Propriedades

A partir da modificação do anel tiamínico, pela formação de uma ponte dissulfeto, a introdução de um éster lipofílico e a abertura do ciclo tiazol, explica-se a atividade antiastênica e energizante da sulbutiamina. Sua absorção digestiva é rapida e completa, com níveis séricos máximos alcançados 2 horas após a administração. A sulbutiamina é distribuída com rapidez no organismo e sua meia-vida é de 5 horas, sem que seja provocado acúmulo. Elimina-se pela urina. Devido a sua lipofilia e ao fato de atravessar a barreira hematoencefálica, possui um neurotropismo específico nas células reticuladas de Purkinje e no sistema límbico. Em estudos farmacodinâmicos em animais, a sulbutimina demonstrou melhorar a coordenação motora, a resistência à fadiga muscular e à memória.

Indicações

Tratamento sintomático das astenias funcionais. Astenia física, intelectual, psicológica, sexual, pós-gripal, pós-cirúrgica e pós-infecciosa.

Posologia

200 a 600 mg/dia. Dose média para adultos: 400 mg no desjejum.

Reações adversas

Em pacientes senis, excepcionalmente, pode provocar excitação. É possível que desencadeie reações de hipersensibilidade cutânea.

Remédio que contêm Sulbutiamina