SULFIRAM Informações da substância

Ações terapêuticas

Antiparasitário tópico.

Propriedades

Age sobre os ectoparasitas, em especial os responsáveis pela escabiose (sarna), pela pediculose (piolhos) e pitiríase (chatos e carrapatos). Química e farmacologicamente assemelha-se ao dissulfiram inibindo, ao nível hepático, a enzima aldeído desidrogenase, responsável pela metabolização do álcool. O sulfiram é pouco absorvido pela pele, contudo, quando absorvido, é rapidamente eliminado pelos rins sem sofrer metabolização.

Indicações

Tratamento e profilaxia da escabiose. Tratamento de pediculose e pitiríase.

Superdosagem

Tratamento sintomático: controle de pressão arterial; se necessário, administrar oxigênio, estimulantes cardíacos, ferro (IV), vitamina C, nicotinamida, adenina e tiossulfato de sódio.

Modo de usar

Sarna: aplicar na região afetada solução de sulfiram a 12,5% (adultos) ou a 8% (crianças), e deixar secar. A aplicação pode ser repetida por dois ou três dias consecutivos. Pediculose e pitiríase: lavar a área afetada com solução saponácea de sulfiram a 5%; a seguir aplicar solução de sulfiram a 12,5% (adultos) ou a 8% (crianças) deixando-a agir por período de 8 horas, após o qual recomenda-se método mecânico de eliminação dos parasitas (com pente fino). O tratamento deverá ser repetido após sete dias.

Reações adversas

Enjoos, fadiga, cefaleia e dermatose.

Precauções

Abster-se de consumir bebida alcoólica 48 horas antes e após aplicação de sulfiram.

Remédio que contêm Sulfiram