TIóCTICO, áCIDO Informações da substância

Sinônimos

Ácido a-lipoico. Ácido lipoico. Ácido 6, 8-ditio-octanoico.

Ações terapêuticas

Ácido a-lipoico. Ácido lipoico. Ácido 6, 8-ditio-octanoico. Antineurítico.

Propriedades

É um potente antioxidante capaz de neutralizar uma grande variedade de diferentes radicais livres que são lesivos para a célula, o que permite por sua vez regenerar alguns antioxidantes como a glutationa quando está esgotada. Na angiopatia diabética, a hiperglicemia da doença ocasiona seu acúmulo na matriz das proteínas dos vasos sanguíneos capaz de reduzir o fluxo vascular com a consequente isquemia e hipóxia endoneural. Este fenômeno, associado ao aumento na produção dos radicais livres de O2 potencia o comprometimento do nervo periférico do paciente diabético. O ácido tióctico provavelmente exerce seu efeito antineurítico nesta patologia em função de melhorar o fluxo sanguíneo endoneurônico, o que aumenta o nível antioxidante fisiológico da glutationa e reduz também os radicais neuro e citotóxicos. Administra-se por via oral ou intravenosa por perfusão, em casos graves ou refratários de neuropatia diabética.

Indicações

Neuropatia diabética.

Posologia

Por via oral: 600 mg em jejum ou 30 minutos antes da refeição, visto que sua administração conjunta com alimentos diminui sua absorção pelo trato digestório e sua biodisponibilidade. Por via intravenosa: em infusão contínua, 600 mg diluídos em solução fisiológica (100-250 ml) durante 30 minutos. O tratamento parenteral ou de ataque deverá ser realizado 1 vez ao dia, 5 dias por semana durante 3-4 semanas, podendo em seguida passar ao tratamento por via oral.

Reações adversas

Em casos isolados referiram-se náuseas, dores abdominais, diarreia, vômitos, reações alérgicas (urticária, eczema, rash cutâneo), prurido. Relataram-se casos de hipoglicemia com sudorese, enjoos, cefaleias que desaparecem com a suspensão do tratamento.

Precauções

Em casos de neuropatia diabética na gravidez e durante a amamentação, a relação risco/benefício deverá ser avaliada cuidadosamente, se bem que os estudos toxicológicos não mostraram comprometimento fetal nem embriotoxicidade.

Interações

A administração do fármaco juntamente com insulina ou hipoglicemiantes orais pode potencializar o efeito hipoglicemiante destes agentes, razão pela qual recomenda-se reduzir a dose. Não associar com preparações que contenham ferro, cálcio, magnésio, em razão da ação quelante do ácido tióctico. A administração conjunta com cisplatina pode reduzir a atividade terapêutica do antineoplásico.

Contraindicações

Hipersensibilidade ao fármaco.

Remédio que contêm Tióctico, ácido