Índice Remédio UROPAC

Apresentações
Caixa com 12 e 100 comprimidos revestidos
USO ADULTO - USO ORAL
Composição
Cada comprimido revestido contém: sulfametoxipiridazina 125 mg, nitrofurantoina 50 mg, cloridrato de fenazopiridina 50 mg, excipiente* q.s.p. 1 comp. rev. *(amidoglicolato de sódico, estearato de magnésio, óxido de ferro vermelho, celulose microcristalina + lactose, dióxido de titânio, corante alumínio laca amarelo crepúsculo 6, álcool polivinílico + macrogol + talco).
Informações técnicas
CARACTERÍSTICAS
Uropac é uma associação de nitrofurantoína, sulfametoxipiridazina e fenazopiridina para o tratamento das infecções do trato urinário, oferecendo vantagens sobre o uso isolado de quaisquer dos fármacos: sinergismo de ação das drogas, menor possibilidade de fenômenos de resistência, menor toxicidade e expansão do espectro de ação. A nitrofurantoína é bacteriostática in vivo em pequenas concentrações, eficaz contra bactérias Gram-positivas e Gran-negativas, incluindo E. coli, Klebsiella sp, Enterobacter sp, Citorbacter sp, Staphilococcus aureus e epidermidis. Apresenta grande margem de segurança com pouco ou nenhum desenvolvimento de resistência bacteriana durante o tratamento. É largamente absorvida no trato gastrintestinal e eliminada rapidamente na urina, 40% na forma não alterada, sendo útil para o tratamento das infecções das vias urinárias. As sulfonamidas tem largo espectro antibacteriano, incluindo microorganismos Gram-positivos e Gram-negativos. Desde que apresentem alta solubilidade e baixa toxicidade, são medicamentos de importância no tratamento das infecções urinárias. As sulfonamidas ou sulfas exercem ação bacteriostática e bactericida por antagonismo competitivo do ácido-aminobenzóico (PABA), fator essencial para síntese de ácido fólico pela maioria das bactérias. A sulfametoxipiridazina é rapidamente absorvida no trato gastrintestinal e lentamente eliminada, atingindo níveis bacteriostáticos na urina. Tem elevada solubilidade, não apresentando cristalúria. A fenazopiridina, um azocorante, possui ação analgésica sobre o trato geniturinário, aliviando os sintomas de dor, irritabilidade, queimação, freqüência e urgência urinária, comuns nas infecções do trato geniturinário. A presença de fenazopiridina e nitrofurantoína na formulação confere à urina do paciente coloração vermelho-alaranjada, sem qualquer significado.
Indicações
Uropac está indicado no tratamento das infecções do trato urinário devido a microorganismos sensíveis à nitrofurantoína e (ou) a sulfametoxipiridazina, tais como cistite, pielite, pielonefrite, prostatite e uretrite. No pré e pós-operatório do trato geniturinário como preventivo.
Contraindicações
Uropac é contra-indicado aos pacientes portadores de insuficiência renal grave, glomerulonefrite e hepatite severa. Uropac não deve ser usado para o tratamento de gestantes, lactantes e recém nascidos com menos de um mês de idade. Uropac está contra-indicado para o tratamento dos pacientes com hipersensibilidade a quaisquer dos componentes da fórmula, principalmente à sulfas.
Advertências e precauções
Pode ocorrer neuropatia periférica em graus de intensidade variável especialmente na presença de fatores predisponentes, tais como insuficiência renal, anemia, diabetes e deficiência de vitamina B12.
Deve-se estar atento para o desenvolvimento de metemoglobinemia e (ou) anemia hemolítica durante o tratamento dos pacientes com deficiência de enzima G-6 PD.
Interações medicamentosas
Os anticolinérgicos e os alimentos, aumentam a biodisponibilidade da nitrofurantoína. A nitrofurantoína antagoniza os efeitos do ácido nalidíxico e tem a absorção diminuida na presença de trissilicato de magnésio. As sulfonamidas competem com outras drogas pela ligação às proteínas plasmáticas, incluindo tolbutamida, fenitoína, probenecida, salicilatos, warferin e fenilbutazona. As sulfonamidas também inibem o metabolismo hepático da tolbutamida, clorpropamida e fenitoína, aumentando seus efeitos e toxicidade. Deve-se assim, estar ao exarcebamento dos efeitos destes medicamentos quando usados concomitantemente com Uropac.
Posologia e modo de usar
Tomar um comprimido revestido a cada 6 horas ou outra posologia a critério médico.
Reações adversas
As reações adversas mais relatadas como tratamento com Uropac incluem náuseas, vômitos, diarréias, sonolência, cefaléias e distúrbios gastrintestinais. Podem ocorrer, raramente, reações de hipersensibilidade (manifestadas por calafrios, febre e lesão hepatocelular) alterações do sistema hematopoiético (leucopenia, agranulocitose e trombocitopenia), alterações neurológicas (vertigens e polineurites) e alterações dermatológicas. Nos indivíduos deficientes de enzima G-6 PD pode ocorrer metemoglobinemia e anemia hemolítica aguda, principalmente se houver superdosagem. Embora muito pouco provável, porque a sulfametoxipiridazina é muito solúvel na urina, pode ocorrer cristalúria, com formação e deposição de agregados cristalinos nas vias urinárias.
Superdose
Em caso de superdosagem, interromper imediatamente a medicação. Proceder a lavagem e aspiração estomacal para impedir a absorção da droga ainda presente no trato gastrintestinal. Se a função renal estiver normal, a excreção urinária pode ser aumentada com o uso de alcalinizantes urinários, bicarbonato de sódio e de líquidos para aumento do volume urinário.
PACIENTES IDOSOS
Durante a administração de Uropac deve-se levar em consideração o declínio da função renal comum em pacientes idosos.
Dizeres legais
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
Reg. M.S. N° 1.0235.0235

Adicionar um comentário

 
Strict Standards: Declaration of MY_Exceptions::show_404() should be compatible with CI_Exceptions::show_404($page = '', $log_error = true) in /home/farmacoinfo/public_html/br/application/core/MY_Exceptions.php on line 0

A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Undefined index: gracias

Filename: blocks/med_comentarios_form.php

Line Number: 16

*